Sejam bem-vindos ao Camilla Luddington Brasil sua primeira, maior e melhor fonte de informações sobre a atriz Camilla Luddington, mais conhecida por interpretar Jo Wilson em Grey’s Anatomy! Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, entrevista traduzida, galeria de fotos, entre outros. O nosso site não é afiliado de maneira alguma com a Camilla, sua família ou seus representantes. Não somos a Camilla e não temos contato com a mesma. Todo o conteúdo do site, fotos, informações, vídeos e traduções pertence ao site, a não ser que seja informado o contrário. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos!

Na quarta-feira (16), Camilla Luddington compareceu ao 26° evento anual da “Television Academy Hall of Fame”, em que Debbie Allen foi homenageada por suas contribuições à televisão. O evento aconteceu em North Hollywood, na Califórnia, e alguns membros do elenco de Grey’s Anatomy também estiveram presentes. Confira fotos:

APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES AND EVENTS > 2022 > NOVEMBER 16 | TELEVISION ACADEMY 26TH HALL OF FAME HELD AT SABAN MEDIA CENTER IN NORTH HOLLYWOOD, CALIFORNIA
CLBR004.jpgCLBR012.jpgCLBR013.jpg




No domingo (13), Camilla Luddington compareceu ao Vulture Festival em Los Angeles, para promover a série Grey’s Anatomy, além dela, Adelaide Kane, Alexis Floyd, Jake Borelli, Midori Francis, e Niko Terho também estiveram no evento.

O elenco jogou games sobre a série, atendeu fãs e posou para várias fotos, confira as mesmas clicando nas miniaturas abaixo:

APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES AND EVENTS > 2022 > NOVEMBER 13 | NEW YORK MAGAZINE’S VULTURE FESTIVAL 2022 AT THE HOLLYWOOD ROOSEVELT IN LOS ANGELES
CLBR007.jpgCLBR001.jpgCLBR003.jpg
APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES AND EVENTS > 2022 > NOVEMBER 13 | NEW YORK MAGAZINE’S VULTURE FESTIVAL 2022 AT THE HOLLYWOOD ROOSEVELT IN LOS ANGELES (PANEL)
CLBR004.jpgCLBR006.jpgCLBR001.jpg
APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES AND EVENTS > 2022 > NOVEMBER 13 | NEW YORK MAGAZINE’S VULTURE FESTIVAL 2022 AT THE HOLLYWOOD ROOSEVELT IN LOS ANGELES (INSIDE)
CLBR001.jpgCLBR002.jpgCLBR003.jpg




No último sábado (12), Camilla Luddington marcou presença no evento Baby2Baby em West Hollywood, na Califórnia, a atriz esbanjou beleza ao passar pelo tapete verde usando um vestido todo brilhoso e pink!

Além de Luddington, outros grandes nomes estiveram no local como Jessica Alba, Emma Roberts, Jenna Dewan e dentre outros. Confira as imagens clicando nas miniaturas abaixo:

APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES AND EVENTS > 2022 > NOVEMBER 12 | 2022 BABY2BABY GALA PRESENTED BY PAUL MITCHELL AT PACIFIC DESIGN CENTER IN WEST HOLLYWOOD
CLBR004.jpgCLBR033.jpgCLBR031.jpg
APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES AND EVENTS > 2022 > NOVEMBER 12 | 2022 BABY2BABY GALA PRESENTED BY PAUL MITCHELL AT PACIFIC DESIGN CENTER IN WEST HOLLYWOOD (INSIDE)
CLBR001.jpgCLBR002.jpgCLBR003.jpg




Nessa quinta-feira, 10, irá ao ar na ABC o último episódio da primeira parte da 19ª temporada de Grey’s Anatomy na ABC. Para divulgar ele, Camilla Luddington compareceu ao ET e concedeu uma entrevista sobre a série, confira a tradução abaixo:

‘Grey’s Anatomy’: Camilla Luddington avisa que os fãs vão querer ‘ligar para o trabalho e dizer que estão doentes’ após o final de outono (exclusivo)

Camilla Luddington não está exatamente colocando os medos dos fãs com o final da mid-season de Grey’s Anatomy de lado. Em uma entrevista com Deidre Behar, da ET, a atriz de 38 anos, que estrela o drama médico como Dr. Jo Wilson, avisa que os espectadores podem ir embora do trabalho depois de assistir ao episódio.

“Acho que a regra geral deve ser sempre que, se tivermos um final no meio da temporada, você não deve estar no trabalho no [próximo] dia. Deve ser apenas um caso de ficar em casa por estar ‘doente’”, diz Luddington à ET.“… Apenas chame de ficar doente. Quando foi que nós já tivemos um final de meia temporada que correu muito bem? Não vai acontecer. Não.”

Os fãs provavelmente pegaram tanto da prévia do episódio, que provocou que a tragédia “atingirá um dos nossos”.

“Sempre [fique] preocupado porque é Grey’s Anatomy”, diz Luddington. “A tragédia atinge um dos nossos. Também é um crossover de Station 19. São muitos personagens envolvidos. Fique preocupado.”

Em uma escala de um a 10, quando se trata de preocupação, Luddington diz aos fãs para “sempre errar do lado de um 10”.

“Não é necessariamente vida e morte sempre. São apenas muitas coisas emocionais acontecendo”, diz ela, acrescentando que, no final da mid-season, “Há um grande cliffhanger (uma situação que deixa um personagem em uma situação limite, de confronto), mas há muitos pequenos cliffhangers também”.

Quanto ao enredo do episódio, Luddington diz: “Há uma tempestade acontecendo. Há a abertura… da nossa nova clínica reprodutiva no programa, o que é realmente emocionante. Carina DeLuca vai estar em nosso episódio e as pessoas amam [a atriz] Stefania [Spaminato].”

Um potencial romance, Luddington provoca, também pode estar se formando entre Jo e Link.

“Há algumas coisas divertidas com Jo e Link (Chris Carmack), talvez alguns sentimentos acontecendo”, diz ela. “… No final da meia temporada, ele faz um gesto muito doce, e isso começa os sentimentos de Jo novamente por Link… Não é romântico, é apenas muito carinhoso… É isso que o torna romântico.”

Embora Luddington “ainda não tenha lido o roteiro onde os sentimentos de [Link] foram contados” para Jo, ela acha que é certamente uma possibilidade no futuro, para a qual ela está muito aberta.

“Eu costumava pensar que talvez não fosse o momento certo. Eu até costumava avisá-los apenas para permanecerem amigos. Eu fiquei tipo, ‘Não, eu amo a amizade deles! Não vamos estragar isso'”, diz Luddington. “Agora eu realmente torço por eles e sinto que é o momento certo.”

“Sinto que Link acabou de vez com [sua ex] Amelia (Caterina Scorsone). Ele precisava passar por esse rompimento. Jo seguiu em frente. Ela namorou outras pessoas e está neste grande espaço em sua vida, onde eu acho que ela está pronta para isso”, acrescenta ela. “Acho que ambos estão tão aterrorizados que isso arruinaria essa amizade, mas eles também seriam tão bons juntos.”

Neste ponto, Luddington diz: “é tão óbvio que eles estão apaixonados”. Mesmo assim, as perguntas de se vão/não vão acontecer entre os amigos de longa data são ótimas para a TV.

“Eu adoro quando os fãs são polarizados porque sinto que isso significa que os escritores estão fazendo um trabalho incrível”, diz Luddington. “Eles os escreveram tão bem como amigos que as pessoas estão investidas nisso. Eles estão provocando tanto isso que outra parte do fandom está querendo que isso aconteça, então eu adoro que as pessoas estejam divididas nisso.”

Os fãs também receberão “absolutamente” uma atualização sobre os planos da Dr. Meredith Grey (Ellen Pompeo) para o futuro, depois que ela aparentemente aceitou um emprego de pesquisa da doença de Alzheimer na Fundação Catherine Fox em Boston. A mudança, que vem em meio ao anúncio de Pompeo em seu papel limitado nesta temporada, também permitiria que a filha mais velha de Meredith, Zola, frequentasse uma escola para crianças superdotados.

“Ela está pensando em tomar essa decisão porque Zola é uma gênia completa, e ela precisa de mais do que se pode ter em Seattle”, diz Luddington. “Nós definitivamente vemos uma continuação disso e as decisões precisam ser tomadas e solidificadas em torno disso neste episódio.”

Também abrirá a possibilidade de uma promoção para outra pessoa porque Meredith deixando o Grey Sloan Memorial significa que o hospital teria um novo (a) chefe de cirurgia desde que ela conseguiu o emprego no início desta temporada. “Temos que ter um chefe no hospital”, diz Luddington. “… Eles podem realmente acabar sendo chefes nesta temporada.”

Em uma nota pessoal, Luddington não acredita que o papel limitado da temporada 19 de Pompeo signifique que a maior estrela de Grey’s Anatomy se afastará completamente em breve.

“Ela mesma disse isso, ela nunca vai sair completamente”, diz Luddington. “… Jesse [Williams] volta o tempo todo e dirige, então, em qualquer oportunidade, ela voltará… Ela é a produtora executiva. Eu não vejo Grey’s sem a Grey.”

A própria Luddington não tem planos de se afastar do Grey’s tão cedo, depois de aparecer na série por uma década.

“Estou amando tanto essa temporada que estou nela. Muito simplesmente, estou nisso”, diz ela. “Eu também sinto que a história de Jo ainda não foi completamente contada. Seria estranho para mim ir embora neste momento. Estou comprometida.”

“Ouça, eles poderiam me matar amanhã, sim. Eu poderia ser arrastada por uma onda de maré. É totalmente possível. Todos nós sabemos disso”, continua Luddington. “Se você assiste a série, sabe que é uma possibilidade, mas eu, agora, nesta temporada, não, não estou pronta para me afastar.”

O final de outono de Grey’s Anatomy será exibido na quinta-feira, 10 de novembro, as 22h (horario de brasília), na ABC. Sintonize no episódio de quinta-feira do Entertainment Tonight para mais sobre o bate-papo do ET com Luddington.

Fonte.




A nova temporada de Grey’s Anatomy estreia amanhã, no canal americano, ABC e hoje, o site TV Line, mundialmente conhecido por liberar reviews de filmes e séries, liberou a sua opinião sobre o episódio de estreia da temporada, confira:

“Everything Has Changed” é em uma palavra, maravipicante. Escrito por Krista Vernoff e dirigido pela Debbie Allen (vulgo Catherine), é engraçado, emocionante e voa como se tivesse 20 minutos e incluindo pelo menos uma frase que com certeza será quotado na sexta de manhã e para sempre( você saberá quando escutar.) No tempo em que os créditos finais estão rolando, eu estava animado- não só por ser uma pessoa que cobre a série mas como uma pessoa que gosta o suficiente para assisti-la, mesmo que não seja meu tipo. Isso tecnicamente não é um reboot, sim parece como um, quase um renascimento.

Agora, para ser claro, nada disso é para dizer que eu amo tudo sobre Grey’s Anatomy. Como qualquer membro da platéia, tenho minhas queixas. Como duas pessoas adultas apaixonadas como Meredith e Nick deixaram passar seis meses sem falar sobre seus problemas? O relacionamento de Maggie e Winston será completamente explorado? E nós realmente devemos nos preocupar que Owen e Teddy estão indo para a prisão por um longo tempo?

Mas estas são argumentações e apenas a mais recente delas. Eu tenho queixas com cada programa que assisto. Todos também? Mas no que diz respeito à Grey’s Anatomy, o bom supera em muito o ruim, e o ótimo às vezes me faz esquecer que o ruim existe. Então, estarei muito interessado em ver sua reação à estreia da 19ª temporada; isso me deixou empolgado para ver o que está por vir, histórias e tudo.

Fonte.

Tradução e adaptação: Equipe CLBR.

 




Na tarde de hoje foi liberado uma entrevista e um ensaio fotográfico da Camilla Luddington concedido para a LA Confidentional Magazine, a atriz falou sobre Grey’s Anatomy, sua personagem Jo Wilson e mais. Confira abaixo a entrevista completa e as fotos:

 

CLBR002.jpgCLBR001.jpg

 

Grey’s Anatomy está se aproximando de 400 episódios e quase 20 anos depois, as reviravoltas e emoções intensas da vida pessoal e profissional dos médicos do Grey Sloan Memorial Hospital sempre foram de alto risco. Depois de entrar em um hiato de inverno, o drama médico retornou no mês passado para a segunda metade da 18a temporada, e LA Confidential pegou Camilla Luddington, que interpreta a favorita dos fãs, Dr. Jo Wilson, para obter informações privilegiadas sobre o programa.
Na verdadeira moda de Grey, o retorno da temporada em fevereiro trouxe o drama. Qual foi a sua reação inicial à primeira vez que leu o roteiro do episódio, particularmente do que aconteceu entre Link e Jo?
A primeira vez que li o roteiro, acho que engasguei audivelmente! Eu não tinha ideia de que estava chegando e fiquei chocado com o quão impulsiva Jo era no momento com alguém que tinha sido seu melhor amigo por tantos anos. Mas quando fomos realmente filmar essa cena, parecia estranhamente fazer sentido que, naquele momento, era que essas duas pessoas precisavam uma da outra. Mas estou nervoso por ela e por ambos, porque sei o quão preciosa é essa amizade e, acima de tudo, não quero que ela estrague nada.
Claro que sem spoilers, mas o que podemos esperar do resto da temporada, especialmente para Jo?
Há MUITA COISA chegando. O que eu realmente aprecio nesta temporada é que não ignoramos de forma alguma que ela está criando esse bebê sozinha. Continuamos a mostrá-la fazendo malabarismos com sua carreira e sua exaustão. Com certeza posso dizer que sua carreira também tenha uma mudança mais desafiadora no final da temporada. E eu posso dizer também que a vida amorosa dela dê algumas voltas e reviravoltas.
A TV mudou muito nos últimos 10 anos, muito menos desde que o programa estreou pela primeira vez em 2005. Por que você acha que a Grey’s conseguiu manter os fãs comprometidos por quase 20 temporadas?
É um testemunho dos nossos escritores. A cada temporada eu penso comigo mesmo, certamente contamos todas as histórias para esses personagens e, claro, não contamos. Algo novo está preparado e acho que o público sabe que está em um passeio selvagem. Eu também acho que esses personagens são confusos. E quem não consegue se relacionar com a bagunça? Eles tomam decisões terríveis o tempo todo, dizem as coisas erradas, amam as pessoas erradas. É tão relacionável. E então suas vitórias também se tornam as vitórias do público. E o show está sempre evoluindo, sempre se adaptando. Isso o mantém fresco, com certeza.
Como é fazer parte de uma série com esse tipo de legado?
Acho que ainda não percebi completamente o que significa fazer parte deste show. Filmamos em nosso próprio mundo, nossa própria bolha e depois vamos para casa para nossas famílias. Eu nem consigo entender o alcance que este programa tem. Eu sempre chamo isso de unicórnio. Eu acho que é tão, tão raro estar em um programa como este e acho que isso nunca mais vai acontecer. 18 temporadas? Quase 400 episódios? É inédito. Isso é inédito.
2022 marca 10 anos interpretando Jo Wilson. Quando você começou sua carreira para ser ator, você já imaginou isso?
Eu não imaginava Grey’s Anatomy fazendo parte da minha história como atriz, não. Eu costumava correr para casa dos turnos de garçonete para assistir! E poder passar 10 anos com um personagem? Eu nem pensei que isso fosse possível. Eu quase sinto que cresci no programa. Eu aprendi muito, muito estando lá, tanto na frente da câmera quanto fora dela.
Qual é a melhor lição que você aprendeu com Jo?
A melhor lição que aprendi com Jo é provavelmente que você pode se recuperar. Ela caiu tantas vezes. Há TANTAS coisas que aconteceram com ela que a quebraram. Ela se recompôs novamente. E ela não parece a mesma. E tudo bem, isso é ótimo, na verdade! Porque ela é mais forte e mais sábia.
Eu também aprendi com ela que cuidar da sua saúde mental é fundamental. Sério. Fiquei tão inspirado por suas cenas de terapia e sua vulnerabilidade nelas.
Tradução: Equipe CLBR | Fonte.




Foi liberado ontem (25), uma entrevista concedida por Camilla Luddington ao veículo de mídia Access para divulgar Grey’s Anatomy, durante a entrevista, Luddington falou sobre JoLink, o que espera para a Jo durante a temporada 18, sobre seus filhos Hayden e Lucas e muito mais, confira abaixo juntamente com os screencaptures:

CAPTURAS | SCREENCAPS > ENTREVISTAS | INTERVIEWS > 2022 > ACCESS

CLBR208.jpg
CLBR209.jpg
CLBR210.jpg
CLBR211.jpg




Camilla Luddington é a capa da edição de dezembro da 71 Magazine e além de um lindo ensaio fotográfico, a atriz concedeu uma entrevista onde ela fala sobre seus trabalhos e sua vida pessoal, confira:

Nascida em Ascot, Berkshire, atriz Camilla Luddington gastou muito tempo na sua vida antiga viajando entre a Inglaterra e os Estados Unidos. Suas muitas experiências com pessoas, viagens e o mundo fizeram sua carreira de atriz, e isso se mostra em seu brilhante trabalho.

Mudando-se entre Inglaterra, Texas e Pensilvânia quando era adolescente, Luddington no final das contas completou sua educação na New York Film Academy, onde ela foi parte de programa de aula de teatro de um ano em 2003. Seguindo seu treinamento como atriz, ela brevemente retornou para a Inglaterra antes de se mudar para Los Angeles para correr atrás de sua carreira de atriz. Depois de estrelar no William e Kate da Lifetime (2011), ela conseguiu papéis em Californication e True Blood em 2012, e tem trabalhado nos EUA desde então.

Camilla mais notavelmente estrelou como a icônica Lara Croft na série de video game Tomb Raider (2013-2018) e igualmente a icônica Dr. Jo Wilson na série Grey’s Anatomy (2012- presente)
Grey’s tem mais de 300 episódios e já ganhou o Golden Globes de melhor série da televisão – drama (2007), como também múltiplos Emmys e indicações de Emmy durante os anos, incluindo para o Outstanding Drama Series. Juntando-se a família Grey’s em 2012 e se tornando uma personagem regular em 2013, Luddington fez Jo uma das personagens mais populares da série.
Luddington também reprisou sua premiada atuação como Lara Croft em duas continuações do videogame Tomb Raider de 2013: Rise of Tomb Raider (2015) e Shadow of the Tomb Raider (2018). Ela forneceu a voz e a captura de movimento para o personagem ao longo da série.

‘’Uma coisa que eu tenho aprendido é amar personagens, cujo cometem erros e que tem vidas muito complicadas.’’

71 Magazine teve o prazer de se conectar com Luddington que falou conosco sobre sua carreira de atriz, suas inspirações e como a atuação a impactou.

71: Quando você teve certeza que queria ser atriz e o que fez você ter essa certeza? O que te deu a confiança para ir atrás disso?

CL: Eu era muito jovem, em torno dos 4 ou 5 anos de idade, quando eu soube que atuar era o que eu queria. Eu assistia ‘’O Mundo Mágico de Oz’’ e ‘’Annie’’ repetidamente fingindo estar nesses filmes. Eu implorei minha mãe para me mandar para as aulas de atuação, mas ela resistiu por muito tempo. Eu acho que era porque ela não sabia nada da indústria e estava com medo. Por volta de 8, 9 anos de idade eu comecei as aulas e nunca me arrependi. É tudo que eu queria fazer.

71: Qual foi o papel que você mais ficou animada para fazer e por que?

CL: Antes de Grey’s Anatomy, seria Tomb Raider e Lara Croft. Era meu primeiro video game, minha primeira vez fazendo captura de movimento, e, claro, foi uma honra entrar em um papel tão icônico.

71: Há alguém com quem você trabalhou e que você admira? Quem são eles e por que você os considera um modelo a seguir?

CL: Tem muitos e por muitas razões diferentes. Eu acho que assistir Sandra Oh trabalhando é muito incrível. Ela faz tudo isso parecer fácil quando não é. Ela sempre foi tão dedicada e apaixonada até o dia que ela saiu (Grey’s Anatomy). Ela era também tão gentil e engraçada – sempre respeitosa com a equipe. Aquelas qualidades não passaram despercebidas

71: Quem esteve entre suas inspirações nas artes do cinema?

CL: Minha primeira ídola foi absolutamente Judy Garland. Eu a adorava desde jovem.
Obviamente há estrelas como Kate Winsiet que são incríveis, e eu adoro assistir novos talentos emergindo como Jung Hoeyon do Squid Game. Ela absolutamente me surpreendeu.

71: Qual impacto você está tentando fazer com seus papéis e tudo que você faz dentro e fora das telas?

CL: Eu sinto que estou simplesmente tentando fazer parte de uma grande narrativa na qual as pessoas possam se relacionar com a jornada que meus personagens percorrem. Ou entender uma experiência pela qual outros estão passando melhor. Se eu for capaz de fazer isso, fico muito feliz. Quando eu li o feedback dos espectadores ou fui abordado por fãs que disseram ” Essa é a minha história! Eu também passei por isso ” Estou muito grato por fazer parte de trazer isso para suas telas.

71: Você pode nos contar sobre a experiência trabalhando em Grey’s Anatomy e o impacto que teve em você e na sua jornada de atuação?

CL: Eu acho que uma das coisas que eu tenho aprendido é amar personagens, cujo cometem erros e que tem vidas muito complicadas.. Quando eu comecei na série, eu sempre estava esperando que Jo faria ou diria ‘’a coisa certa’’. E, claro, você quer que a pessoa que está interpretando seja feliz e sucedida – se você não torcer por eles, quem vai? Mas eu aprendi a amar todos seus altos e baixos. Seus passos em falso. Grande e pequeno. Descobri que é quando eu realmente aprenderia mais sobre ela e seria desafiado por ela. Esses são agora os personagens pelos quais gosto mais. Não estou interessado em ” perfeição”.

71: Você tem alguma história ou experiência que possa contar que surpreendeu seu eu jovem?

CL: Eu acho que contar para ‘’criança eu’’ que isso aconteceu – Eu fui para os Estados Unidos e que tenho uma carreira de trabalho constante por mais de uma década. E ignorar todas as pessoas que me disseram que era impossível.

71: Você tem algum conselho para aspirantes a atrizes como se dar bem no mundo dos negócios?

CL: Estudar. A melhor aula de atuação que eu já fiz foi Meisner. Estudar, estuda, estudar. O trabalho mostra.

71: Quais são suas instituições de caridade favoritas?

CL: Eu tenho muitas, mas eu amo Best Friends Animal Society. Eu trabalhei com eles por muitos anos e tenho dois resgates próprios. Eles fazem um ótimo trabalho para instituições de caridade menores que também precisam de ajuda de resgate.

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS > 2021 > 71 MAGAZINE
CLBR001.jpgCLBR007.jpgCLBR005.jpgCLBR006.jpg
 




Hoje foi divulgado uma entrevista para o Entertainment Weekly onde a Camilla contou sobre a sua mundaça de cabelo para a 18ª temporada de Grey’s Anatomy e muito mais, confira:

Camilla Luddington entrou em Grey’s Anatomy na nona temporada. Agora, mais de 200 episódios depois, é seguro dizer que ela viu Jo através de muitas, muitas reviravoltas. Mas a 18 temporada encontra Jo experimentando algumas coisas pela primeira vez: ela mudou sua especialidade para obstetra, é mãe — e loira!

Ew falou com Luddington sobre a jornada de Jo e a história por trás do recomeço dela.

Entertainment Weekly: Você interpretou a Jo por muito tempo e a vou passar por muitos altos e baixos. Qual foi sua reação quando eles disseram que ela se tornaria mãe?

Camilla Luddington: Essa é a minha 10 temporada na série, então eu queria muitas coisas para Jo, tipo saber sobre o passado dela, e uma das coisas que eu sempre quis foi que ela tivesse sua própria família. Eu senti que isso era muito importante para ela. Quando eles me disseram que ela iria se tornar mãe, a primeira coisa que eu disse foi “Com quem?! Ela não está saindo com ninguém. Como isso vai acontecer?”

Inicialmente, eu estava pensando que talvez ela tivesse um doador. Mas quando eles me contaram a história, eu achei tão bonita. Fiquei feliz que ela se tornou mãe, e acho que isso realmente a influenciou a querer ser obstetra e dar à luz bebês. Esta parte de sua jornada com Luna, eu amo tanto por ela. É loucura e ela está cansada, mas acho que ela está encontrando tanta alegria todos os dias em ser mãe.

Entertainment Weekly: Também parece que, especialmente depois de vê-la ter um final feliz com Alex (Justin Chambers) apenas para que ele a deixasse, os fãs estavam esperando que ela tivesse algo assim.

Camilla Luddington:  Sim, e os términos são realmente difíceis, mas o que eu gosto nessa história é que a vida é imprevisível assim, e as pessoas deixam as pessoas, e elas terminam, e sua ideia original de onde você acha que sua vida vai às vezes toma um rumo diferente. Provavelmente há muitas pessoas que assistiram àquelas temporadas em que ela foi deixada e talvez pudessem se identificar com um término como esse e ter que reavaliar o que é importante. O que é o que ela fez: Como posso encontrar minha felicidade sem que essa pessoa esteja por perto? Acho que tem sido uma história importante para mostrar.

Entertainment Weekly: Ocorreu-me quando eu estava assistindo ao último episódio que parece que OB é uma especialidade que não vimos muito, pelo menos em comparação com os outros.

Camilla Luddington:  Concordo com você! É engraçado porque dei à luz meu filho no ano passado e sei que Jo encontra muita alegria em dar à luz bebês, mas eu, Camilla, fico tão animada entrando nas salas de parto! A alegria que você está vendo em Jo também é minha. Sinto que parabenizo os atores. Eu fico tipo, “Oh meu Deus, você vai ter um bebê hoje. Isso é tão emocionante!” [Risos] Eu mesmo estou encontrando muita alegria. Para o seu ponto, parece fresco e novo. E também é divertido vê-la ter que recomeçar. Ela está de volta ao lounge dos residentes

Entertainment Weekly: Nós a veremos aprendendo com Addison (Kate Walsh) ou é principalmente com a Carina (Stefania Spampinato)?

Camilla Luddington: No momento, é realmente a Carina. Não sei o que os escritores estão planejando no futuro. Faltam tantos episódios que não lemos, então a partir de agora é o que você está vendo, que é Carina.

Entertainment Weekly: Adorei aquela cena em que Jo estava adormecendo em um banco do lado de fora do hospital.

Camilla Luddington:  Você sabe o que há de bom nisso? Luna tem um ano e eu também tenho uma criança de 1 ano. Durante as filmagens, estou tão cansada porque ele está em dentição e ela está dentição, e então o que você está vendo é basicamente a minha vida. [Risos] Eles não precisam me fazer parecer cansada — eu fico parecendo que nunca dormi. É esse paralelo acontecendo, então [com] ela adormecendo no banco, eu fiquei tipo: “Estou ficando meio cansada apenas filmando isso”. Vou usar o método completo nesta temporada.

Entertainment Weekly: Vamos falar sobre o cabelo. Essa mudança veio de você ou da série?

Camilla Luddington:  Eu queria mudar isso. Durante o hiato, eu sempre troco meu cabelo e depois tenho que voltar. Fiquei um pouco mais loira desta vez e estava pensando: “Sinto que Jo precisa de uma mudança. Ela passou por um divórcio e agora tem um bebê.” Há muitas vezes na minha vida em que estou passando por diferentes estações em que isso se reflete na minha aparência. Posso me vestir diferente ou mudar meu cabelo.

Liguei para Krista Vernoff, nossa showrunner, e disse: “Tudo bem se eu mantiver meu cabelo mais loiro?” Enviei uma foto para ela e ela disse: “Se você vai fazer isso, quero que você fique platinada.” E eu fiquei tipo, “Perfeito! Feito.” Eu disse: “Posso deixar curto?” E ela disse: “Sim, vamos escrever.” Então eles escreveram, pois ela deixou alvejante no cabelo por muito tempo e fritou. Mas eu gosto para ela agora. Eu faço com que ela queira se sentir um pouco diferente.

Entertainment Weekly: O que te surpreendeu em interpretar esse personagem por tanto tempo?

Camilla Luddington: Não se trata de mantê-lo interessante e novo, porque a cada temporada é realmente emocionante. Os escritores sempre têm histórias que são tão surpreendentes e mudam tudo. Não há nenhum elemento de: “Ugh, como faço para manter isso interessante para mim mesmo?” Na verdade, quando você interpreta um personagem por tanto tempo, as coisas na vida deles começam a ser paralelas às suas. Quando comecei, eu estava namorando meu marido. Agora sou casada e tenho filhos e me sinto mais estável na minha carreira, e Jo está se destacando em sua carreira e tendo filhos. É como crescer com um amigo. Essa é a parte surpreendente da experiência, quando você interpreta alguém por tanto tempo. Você está tão investido.




Grey’s Anatomy está na sua 18ª temporada e nós reunimos em um só post tudo o que você precisa saber do terceiro episódio da temporada intitulado como “Hotter Than Hell” que irá ao ar no dia 14 de Outubro na ABC. Confira:

O episódio conta com a volta da Addison Montgomery (Kate Walsh) para a série e será dirigido por Chandra Wilson!

“A ruiva favorita de Seattle retorna e enfeita os corredores do Grey Sloan com a sua experiência e conhecimento enquanto tenta ajudar Richard a ensinar o novo grupo de residentes. Enquanto Meredith tem uma decisão a tomar, Link confia em Teddy”.

2012 – GREY’S ANATOMY > SEASON EIGHTEEN > BACKSTAGE > 18X03 – “HOTTER THAN HELL”
CLBR001.jpg




layout desenvolvido por lannie d. - Camilla Luddington Brasil